WABI SABI. SIMPLICIDADE E BELEZA

Publicado em de de

Wabi Sabi, conceito criado a partir de uma milenar lenda japonesa, na qual um jovem queria aprender os rituais da cerimônia do chá. Algo extremamente cultuado na cultura oriental. O mestre, para testá-lo solicitou que varresse o quintal do templo. Após a tarefa concluída, o jovem contemplou que estava tudo limpo, tudo organizado. Entretanto, antes de chamar o mestre, o jovem sacudiu uma árvore fazendo que as folhas caíssem despretensiosamente pelo jardim. O mestre ao ver o resultado da tarefa admitiu o jovem em seu mosteiro, pois a atitude de espalhar suavemente as folhas pelo jardim demonstrava seu entendimento que também existe beleza na imperfeição.  Essa é a premissa da tendência wabi sabi. A beleza na imperfeição. “Wabi” significa simplicidade, rústico, enquanto “Sabi” se refere à beleza da idade, desgaste do tempo.

A perfeita imperfeição

É um conceito baseado na aceitação, transitoriedade e imperfeição. Aceitar que o belo é imperfeito e incompleto. Um exemplo são os tapetes persas, que sempre possuem um pequeno defeito que garante sua autenticidade. Perfeição só existe na ficção. A vida real é imperfeita.

Nada formal

Algumas características dessa tendência são a assimetria, aspereza, irregularidade, simplicidade, rusticidade, austeridade e modéstia. Uma forma de pensar muito ligada ao slow living, uma vez que busca a conexão com o autêntico e com a natureza, reconhecendo três realidades essenciais: nada dura, nada é completo, nada é perfeito.

Contradição imperfeita

Quando queremos inserir o wabi sabi na decoração, devemos optar por ambientes mais aconchegantes e naturais, minimalistas, porém rústicos, fazendo um contraponto de objetos modernos com objetos recheados de história.

Formas irregulares e imperfeições também caem muito bem. Não esconda aquela rachadura, nem o cantinho quebrado de algum objeto. Faça móveis diferentes com troncos de árvores, por exemplo, ou então reaproveitando algo que iria para o lixo. Enfim, valorize peças que trazem lembranças e que cultivem histórias.

A TENDÊNCIA APLICADA NOS PROJETOS FINGER

Cozinha

A tendência foi aplicada no projeto da cozinha, principalmente através dos revestimentos. Nas paredes, o concreto com suas fissuras e rachaduras ressalta a ideia da “perfeita imperfeição”, também traduzida através do piso mais antigo que se destaca no ambiente. Nos móveis, o padrão escolhido foi o Basalt, com seu tom acinzentado e veios irregulares, contrastando com a modernidade dos eletrodomésticos em inox.

Office

Para o projeto do office, os padrões escolhidos foram o Corten e o Diamant, com o toque especial do Puxador Scandinavian Madeira. O rústico é muito utilizado nessa tendência, e os móveis contribuíram para criar esse clima, buscando também uma conectividade com a natureza através do amplo janelão localizado atrás do posto de trabalho. O papel de parede texturizado imita paredes com com reboco imperfeito, que são um complemento para ambiente.

 

Para acessar este arquivo, deixe aqui o seu nome e o seu e-mail. Nós te avisaremos sempre que houver alguma novidade.